Contos

Conto – Cérebro Condenado – Parte 1

Primeira parte do conto de ficção científica "Cérebro Condenado". Mafaltta Battisti é filha de um cientista considerado visionário e extremo. Aos vinte anos de idade, foi submetida a uma cirurgia que mudou completamente a sua vida — e a tecnologia do mundo inteiro. Com o cérebro moldado quase à perfeição, Mafaltta se escondeu do mundo por muitos anos, até que o temido Governo a descobriu. Agora, ela deve se esconder e proteger o segredo que guarda em seu próprio crânio. E deve fazer isso antes que coloque a população mundial em risco.

Contos, escrita

Processo de Criação – Corpo em Águas Verdes

Oi, pessoal! Espero que estejam bem! ❤ Eu sempre recebo perguntas sobre o processo de criação das minhas histórias, então, por isso, vim compartilhar com vocês como o conto "Corpo em Águas Verdes" nasceu e cresceu! O texto abaixo contém spoilers do conto. Então, se você não o leu ainda, clique no link acima! O… Continuar lendo Processo de Criação – Corpo em Águas Verdes

Contos

Conto – Corpo em Águas Verdes – Parte 3

Esta é a terceira e última parte do conto. Caso não tenha lido as partes anteriores, clique aqui. Boa leitura! Parte 3 - A Culpa  Mordo as unhas enquanto espero no saguão da delegacia de homicídios. Não faço a mínima ideia por que estou aqui. Encontrar um corpo agora é um crime? Sabendo o que… Continuar lendo Conto – Corpo em Águas Verdes – Parte 3

Contos

Conto – Corpo em Águas Verdes – Parte 1

Este conto faz parte do projeto Em um mês, um conto - Edição Conto Policial. Boa leitura! Sinopse Giuliana Leite é uma escritora de suspense. Sua vida muda quando ela, em sua corrida matinal, descobre um corpo flutuando na Lagoa da Pampulha. Obcecada pelo seu primeiro contato com um crime real, Giuliana começa a investigar… Continuar lendo Conto – Corpo em Águas Verdes – Parte 1

escrita

3 dicas simples de escrita

Muita gente acha que escrever é um dom divino. Que basta você receber uma inspiração, ter uma ideia brilhante e... Pronto, romance genial finalizado! Escrever, na verdade, é uma boa mistura de teoria e bastante prática. Muitas vezes, acabamos deixando a teoria de lado por pensarmos "bom, já li tantos livros, já sei como se… Continuar lendo 3 dicas simples de escrita

Crônicas

Crônica – A nostalgia é um poço

Às vezes, o título não é um resumo do texto, ou uma estratégia discursiva que convida o leitor a mergulhar no texto. Neste caso, o título faz parte do texto. A nostalgia é um poço. Aproveito para lembrar de quando escrevi pela primeira vez. Chovia como chove hoje. Eu tinha sentimentos mais brandos e cálidos… Continuar lendo Crônica – A nostalgia é um poço